quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Iniciação à Observação de Aves dia 1 de Outubro Eurobirdwatch2016

Junte-se à ATN e venha celebrar e participar no Eurobirdwatch 2016 participando numa atividade de Iniciação à Observação de Aves
A actividade é GRATUITA e é uma oportunidade para todos aqueles que se querem iniciar na Observação de Aves e conhecer a Reserva da Faia Brava.
.
O Eurobirdwatch é o maior evento europeu dedicado à observação de aves e pretende sensibilizar o público para as aves migradoras e os seus habitats. Iniciou-se em 1993 e é sempre comemorado no primeiro fim de semana de Outubro.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Detecção da Presença do Britango (Rupis) que está a ser seguido com GPS

Foi há aproximadamente dois meses que o Rupis, um abutre-do-egipto com três anos de idade, foi capturado com o intuito de instalar um emissor GPS/GSM/UHF e libertado no Parque Natural de los  Arribes del Duero (Foto Abutre capturado: José Jambas). O objectivo é o de conhecer e compreender os movimentos migratórios desta ave durante dois anos.
O Rupis tem estado a maioria do seu tempo do lado espanhol, não muito longe da fronteira portuguesa. (Seguir RUPIS AQUI)
Ao longo destes meses a equipa constituída pela  SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves)entidade coordenadora do projeto e os  oito parceiros (a Associação Transumância e Natureza, a Palombar, o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, a Junta de Castilla y León, a Fundación Patrimonio Natural de Castilla y León, a Vulture Conservation Foundation, a EDP Distribuição e a Guarda Nacional Republicana) tem estado a monitorizar as deslocações de Rupis e para além de ser possível acompanhar os seus movimentos através da ligação: http://rupis.pt/pt/mapa-dos-movimentos-de-britango/ por vezes os técnicos da ATN  vão ao campo para confirmar a sua posição e tentar conhecer melhor os seus hábitos.

No artigo apresentamos  duas imagens obtidas durante uma destas saídas de campo em que é possível observar o equipamento de detecção do Rupis (Fotos: Eduardo Realinho)


Nos próximos dias o Rupis migrará para o Sul e irá passar o Inverno em África.






Apresentação do Projecto Rupis nas Escolas aos professores das escolas de Freixo de Espada Cinta e Figueira de Castelo Rodrigo



No âmbito do projecto Rupis foi apresentado, em colaboração com a SPEA ( Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), no passado dia 8 de Setembro, o Projecto RUPIS apresententou a ação dirigida ao público escolar  “Rupis nas escolas” junto das escolas de Freixo de Espada à Cinta e Figueira Castelo Rodrigo.
É objectivo geral  sensibilizar a comunidade escolar e a população para a conservação de aves de rapina ameaçadas (nomeadamente o britango e a águia-de- bonelli ). Para tal, a colaboração dos professores  é uma preciosa ajuda.
Dar a conhecer estas espécies, conhecer as principais ameaças à sua conservação, compreender o impacto das actividades humanas na sua conservação e conhecer os valores naturais e culturais do seu território são objectivos específicos deste plano de educação.
A SPEA será responsável pela dinamização de actividades educativas em contexto de sala de aula e a ATN ficará responsável pela dinamização das saídas de campo para alunos e professores com o intuito de dar a conhecer, na prática, os valores naturais existentes nos diferentes municípios e de que forma a conservação do território poderá influenciar na conservação das espécies-alvo a trabalhar no âmbito do Projecto.
No dia anterior, 7 setembro, o Programa Escolar do Life Rupis (2016/17 a 2018/19) foi apresentado nos agrupamentos escolares de Miranda do Douro e Mogadouro, pelos parceiros SPEA e Palombar, tendo estado presentes no total das apresentações cerca de 120 professores. Além destes agrupamentos, também estão previstas atividades com as escolas do lado espanhol da área de intervenção do projeto (Arribes del Duero), a dinamizar pela Fundación Patrimonio Natural de Castilla y León, também parceiro do Life Rupis. Saiba mais sobre a componente de Educação Ambiental do projecto em http://www.rupis.pt/pt/educacao-ambiental/





quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A ATN vai estar presente na 8ª Edição da Feira OBSERVANATURA

A todos os sócios e simpatizantes da Associação Transumância e Natureza fica o CONVITE a nos visitar à Feira que já é uma referência na promoção do Turismo de Natureza, com especial destaque para o turismo ornitológico. É uma oportunidade para os sócios e simpatizantes poderem conhecer de perto o trabalho que está a ser desenvolvido e também a possibilidade de adquirir alguns dos nossos produtos e desta forma contribuir para a criação de mais espaços para a Natureza.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Venha ajudar a Construir com Técnicas Tradicionais de Eco Construção 2ª parte

A ATN (Associação Transumância e Natureza) em parceria Caracol de Barro (Agnelo Neutel) promove a aprendizagem de técnicas tradicionais de eco-construção com rebocos de argila, reboco de cal e carpintaria, num dos locais mais emblemáticos do Parque Natural do Douro Internacional.
O evento vai-se realizar entre os dias 1 e 15 de Outubro, na Ribeira do Mosteiro, um local de grande interesse geológico, faunístico, florístico e arqueológico.
O alojamento em acantonamento dentro do moinho recuperado.
A ATN oferece seguro e um kit de ingredientes para que os participantes preparem as suas refeições.
Há WC e para tomar banho, pode desfrutar do belo ribeiro de água translúcida que envolve o local.
A atividade não tem qualquer custo de participação
Inscrições através dos contactos 
Tel/Fax: +351 271 311 202

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Caminhada aberta à população com inauguração de novo Miradouro com vista para a Reserva Faia Brava

No passado dia 13 de Agosto decorreu uma caminhada aberta à população de Algodres e Freguesias vizinhas que teve como objectivo dar a conhecer um pouco do trabalho que a Associação Transumância e Natureza tem vindo a desenvolver e inaugurar um novo Miradouro com vista para a Reserva da Faia Brava. Um local belíssimo e estratégico para todos aqueles
que gostam de apreciar a paisagem e também para realizar uma vigilância mais apertada no âmbito da vigilância contra incêndios.
A caminhada contou com mais de 50 participantes que tiveram a oportunidade de assistir à inauguração do miradouro, a utilização deste espaço foi possível através da assinatura de um acordo de colaboração
com o proprietário José Alexandre Moutinho Nunes que permite o acesso ao público,  contribuindo desta forma  para a dinamização turística do local e para a sua vigilância mais regular.

De seguida os participantes caminharam até ao Centro de Recepção das Hortas da Sabóia onde foi servido um piquenique para restabelecer energias e dar alento para o retorno a Algodres.
A satisfação e a grande adesão dos participantes deixam antever uma edição para o próximo ano!